Sexta, 22 de Outubro de 2021 07:42
87 99946-0041
Cultura Cinema

“Soberba”, de Orson Welles e “A ronda” de Max Ophuls, chegam ao À LA CARTE

Completam o cardápio de estreias “A Culpa”, de Domingos de Oliveira, “Uma manhã suave” (2013), de Neil LaBute e “Estrada para Istambul” (2016), de Rachid Bouchareb

14/10/2021 15h03
20
Por: VA - REDAÇÃO
Foto: Divulgação
Foto: Divulgação

Quinta-feira é dia de novidades no catálogo do Petra Belas Artes À LA CARTE! Na próxima semana, no dia 21 de outubro, chegam cinco novos filmes que passam a integrar a coleção do streaming. Entre os destaques estão “A Ronda” (1950), longa de Max Ophuls considerado por muitos, como uma obra de fundamental importância na história do cinema francês, e vencedor de dois prêmios no Festival Internacional de Veneza; e “Soberba” (1942), de Orson Welles, longa indicado a quatro prêmios da Academia, incluindo o de Melhor Filme.

Completam a programação “A Culpa”, de Domingos de Oliveira, diretor homenageado pelo À LA CARTE nos meses de outubro e novembro, com seis de suas obras, e os dramas “Uma Manhã Suave” (2013), do roteirista e diretor norte-americano Neil LaBute; e “Estrada para Istambul” (2016), de Rachid Bouchareb, filme escolhido pela Argélia para representar o país no Oscar 2018 de Melhor Filme Internacional.

Confira abaixo as sinopses dos filmes:

 

A ronda (La ronde)

França, 1950, Drama, 93 min, 14 anos

Direção: Max Ophuls Elenco: Anton Walbrook, Simone Signoret, Serge Reggiani Sinopse: Baseado em uma peça homônima de 1897 do escritor austríaco Arthur Schnitzler, o filme conta uma série de histórias sobre casos amorosos, interligados por seus personagens. Curiosidades: Indicado ao Oscar 1952 nas categorias de Melhor Roteiro e Melhor Direção de Arte. O diretor Max Ophüls e seu corroteirista, Jacques Natanson, acrescentaram mais um personagem aos dez da peça original de Arthur Schnitzler: uma figura divina sem nome, interpretada por Anton Walbrook. Max Ophüls realizou a filmagem inteiramente em estúdio.

 

Soberba (The magnificent ambersons) EUA, 1942, Drama, 88 min, 12 anos

Direção: Orson Welles Elenco: Orson Welles, Agnes Moorehead, Joseph Cotten, Anne Baxter Sinopse: Isabel Amberson, uma jovem herdeira de uma das famílias mais ricas de Indianápolis, recebe uma proposta de casamento do belo e impetuoso Eugene Morgan. No entanto, ela escolhe se casar com o tedioso Wilbur Minafer. Anos se passam e, após a morte do marido de Isabel, Eugene, hoje um rico fabricante de automóveis, tenta se reaproximar dela. No entanto, George, o filho de Isabel e Wilbur, se opõe a essa união.

 

 

A Culpa

Brasil, 1971, Drama, 84 min

Direção: Domingos de Oliveira Elenco: Dina Sfat, Paulo José, Nelson Xavier, Adolfo Arruda, Sergio Brito e Eugênia Tavares Sinopse: Os irmãos Heitor e Matilde esperam ansiosos para receber a herança do pai. Para agilizar o processo, os dois e o namorado de Matilde, Henrique, assassinam o pai deles. Ao longo dos dias, bilhetes com ameaças dizendo saber o que aconteceu passam a assustá-los. Henrique e Heitor começam a desconfiar um do outro.

Curiosidades: Vencedora do prêmio APCA e do troféu Candango no Festival de Brasília 1971, a bela direção de fotografia leva a assinatura do talentoso Rogério Noel, que faleceu precocemente, aos 22 anos. Dina Sfat ganhou o Prêmio Air France de Cinema 1972. A trilha musical foi composta por Nelson Ângelo, que mais tarde viria a se tornar parceiro da cantora e compositora Joyce.

 

 

Estrada para Istambul (Road to istanbul)

França | Bélgica | Argélia, 2016, Drama, 92 min, livre

Direção: Rachid Bouchareb

Elenco: Astrid Whettnall, Pauline Burlet, Patricia Ide e Abel Jafri

Sinopse: A partir do momento que Elizabeth descobre que sua única filha, Elodie de 20 anos, foi embora para se juntar ao Estado Islâmico em algum lugar entre a Síria e o Iraque, sua vida sai dos eixos. Sem entender o motivo, afinal a guerra não lhes diz respeito, ela contacta sua filha, mas não reconhece a jovem mulher por trás das decisões. Sozinha, ela decide ir até a Síria e convencer sua filha a voltar para a Bélgica.

Curiosidades: Filme dirigido pelo francês Rachid Bouchareb, o mesmo de "Dias de Glória", que foi indicado ao Oscar 2007 de Melhor Filme Internacional representando a Argélia. Filme escolhido pela Argélia para representar o país no Oscar 2018 de Melhor Filme Internacional. A jovem atriz belga Pauline Burlet, que interpreta a personagem Elodie, estreou no cinema no papel de Edith Piaf aos 10 anos de idade, em "Piaf Um Hino Ao Amor" (2007).

 

Uma manhã suave (Some velvet morning)

EUA, 2013, Drama, 84 min, 14 anos

Direção: Neil LaBute Elenco: Stanley Tucci, Alice Eve Sinopse: Em uma manhã tranquila, Fred bate à porta do apartamento da bela Velvet. Os dois não se vêem há mais de quatro anos, então a garota fica surpresa ao notar que o convidado chega com uma mala, cheio de expectativas.

Curiosidades: O filme recebeu como título original o nome de uma música escrita por Lee Hazlewood, "Some Velvet Morning", gravada por ele em dueto com Nancy Sinatra, para o álbum "Moving with Nancy", de 1967. Alice Eve, a jovem protagonista, nasceu em Londres e, ainda criança, mudou-se com os pais para Los Angeles, estreando no cinema em 2004, num pequeno papel em "A Bela do Palco", filme estrelado por Claire Danes, ficando conhecida mundialmente em 2013, com a personagem Carol Marcos, de “Star Trek — Além da Escuridão”. O filme marca o retorno do roteirista e diretor americano Neil LaBute ao tema das relações humanas, um assunto que ele já demonstrou dominar muito bem nos seus dois primeiros filmes, "Na Companhia de Homens"(1997) e "Seus Amigos e Vizinhos" (1998).

 

Serviço:

 

Planos de assinatura com acesso a todos os filmes do catálogo em 2 dispositivos simultaneamente.

 

Valor assinatura mensal: R$ 9,90 | Valor assinatura anual: R$ 108,90

 

Super Lançamentos: Com valores variados, a sessão ‘super lançamentos’ traz os filmes disponíveis no cardápio para aluguel por 72hs.

 

Para se cadastrar acesse: www.belasartesalacarte.com.br e clique em ASSINE.

 

Ou vá direto para a página de cadastro:

 

https://www.belasartesalacarte.com.br/checkout/subscribe/signup

 

Aplicativos disponíveis para Android, Android TV, IPhone, Apple TV e Roku. Baixe Belas Artes À LA CARTE na Google Play ou App Store.

 

Sobre o À LA CARTE 

 

O À LA CARTE é um streaming de filmes pensado para quem ama cinema de verdade. Seu catálogo, que já conta com cerca de 400 títulos,e inclui filmes de todos os cantos do mundo e de todas as épocas: contemporâneos, clássicos, cults, obras de grandes diretores, super premiados e principalmente aqueles que merecem ser revistos e que tocam o coração dos cinéfilos.

Além de pelo menos quatro novos filmes que entram semanalmente no catálogo, há também a possibilidade do aluguel unitário, que são os Super Lançamentos: um espaço para filmes que estreiam antes dos cinemas; simultâneos ao cinema; filmes inéditos no Brasil, entre outras modalidades. Outro diferencial são as mostras de cinema, recentemente o À LA CARTE trouxe especiais dedicados à cinematografia francesa, italiana, coreana e espanhola. O À LA CARTE foi criado no final de 2019 e integra o Belas Artes Grupo, que inclui também a Pandora Filmes e o Cine Petra Belas Artes, um dos mais tradicionais e queridos cinemas de rua de São Paulo.

 Clique na imagem para baixar nosso App.  

Nenhum comentário
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Anúncio
Arcoverde - PE
Atualizado às 07h33 - Fonte: Climatempo
24°
Poucas nuvens

Mín. 19° Máx. 35°

24° Sensação
25.9 km/h Vento
65.5% Umidade do ar
90% (2mm) Chance de chuva
Amanhã (23/10)
Madrugada
Manhã
Tarde
Noite

Mín. 18° Máx. 34°

Sol e Chuva
Domingo (24/10)
Madrugada
Manhã
Tarde
Noite

Mín. 18° Máx. 34°

Sol e Chuva
Anúncio
Anúncio
Anúncio